LDC

Nossas pessoas

5 min com Pinar, a cientista de foguetes encarregada da transformação

11.07.2018

Nascida em Istambul, Pinar Dolen é formada em Engenharia Aeronáutica, que, essencialmente, é a ciência dos foguetes. Hoje ela está em um universo diferente: análise de negócios de TI. Com 15 anos de experiência, na Louis Dreyfus Company (LDC) Pinar atua como Head Global de Back Office, Inteligência de Negócios e Inovação, Em outras palavras, como dizem seus colegas, “ela é a pessoa encarregada da transformação”.

Pinar iniciou sua carreira na Turquia como consultora de negócios, antes de concluir um MBA e ingressar na Procter & Gamble (P&G) como analista de TI. Depois, a P&G a transferiu para Genebra, onde, em junho de 2016, ela ingressou na LDC.

post-inpage-landscape-MASTER.jpg

Ao longo de sua carreira, Pinar sempre fez bom uso de habilidades incomuns. “As empresas de hoje não poderiam existir sem TI”, diz. Mas além de “existir”, Pinar está interessada mesmo em resultados.

“Há coisa de 20 anos, imaginávamos que o pessoal de TI ficava sentado em um quarto escuro codificando”, comenta. “Hoje, no contexto dos negócios, um analista de TI resolve problemas e procura soluções que, em última análise, possam deixar a empresa mais competitiva, eficiente e produtiva.”

“A tecnologia ajuda a fazer com que isso aconteça.”

Liderando uma equipe ao redor do mundo, Pinar diz que entrou na área de TI por acaso. “Apresentar ideias e vê-las em prática era algo que me atraía muito.”

Atualmente, Pinar está implementando projetos de larga escala na área de planejamento de recursos corporativos e inteligência de negócios na LDC. O objetivo, diz ela, é utilizar a tecnologia para permitir um processamento de dados mais rápido, facilitar a recuperação de informações e estabelecer padrões para procedimentos da empresa.

“Utilizar a TI para melhorar os resultados dos negócios é o que mais me motiva”, diz. “Quero agregar valor e levar o negócio adiante.”

Embaixo d’água

Questionada sobre as principais características de sua personalidade que a levaram até aonde ela está, Pinar não pensa duas vezes: “Verifico todos os detalhes dos problemas dos negócios. Para melhorar e mudar algo, você precisa entender seus pormenores. Depois de verdadeiramente entender o problema do negócio, você pode encontrar a solução por meio da tecnologia.”

“Minha inspiração é aprender. Não consigo nem imaginar que eu pare de aprender.”

Atuar em commodities não é algo improvável para alguém com sua formação? “Sim, mas a necessidade constante de se adaptar, inovar e acompanhar as rápidas mudanças nos fluxos de commodities” é o que torna seu papel muito relevante.

“Ciência de foguetes” é uma expressão utilizada frequentemente como sinônimo de algo incrivelmente difícil de entender. Com essa habilidade, Pinar parece ter encontrado respostas para alguns dos desafios profissionais e pessoais mais complicados da vida.

Questionada sobre como ela consegue equilibrar suas frequentes viagens, morar em um país estrangeiro e criar sua filha mais nova, ela diz:

“Quero obter os melhores resultados. Se farei isso no escritório, em casa ou em outro lugar, sou eu que planejo. Só preciso ter certeza de que busco os melhores resultados.”

Nesse sentido, ela tem a sorte de estar em Genebra, que combina a conveniência de uma cidade pequena com todos os confortos que uma cidade grande pode oferecer.

E para desligar? "Vou para baixo d’água", responde. Mergulho é a paixão dela.

© 2018 Louis Dreyfus Company

Cookies

Nós utilizamos cookies para lembrar suas preferências e fornecer a melhor experiência em nosso site. Por favor, clique no botão para aprovar o uso de cookies. Saiba mais lendo a nossa política de privacidade.