Brasil - Português

Finanças sustentáveis em ação para operações de suco brasileiro 99

Como parte do nosso compromisso de moldar cadeias de valor agrícola e do alimento cada vez mais sustentáveis, a LDC assinou, em julho de 2022, uma linha de financiamento com métricas de sustentabilidade no valor de US$ 40 milhões e 10 anos de prazo com a Société de Promotion et de Participation pour la Coopération Economique (Proparco), uma subsidiária do Groupe Agence Française de Développement (AFD Group). Esta é a primeira linha do Grupo incluindo compromissos ambientais e sociais.

Uma parcela significativa dos fundos será alocada para as necessidades de despesas de capital do negócio de suco da LDC para mitigação[1] de impactos em mudanças climáticas e projetos de desenvolvimento sustentável, integrando KPIs sociais para apoiar a certificação de fornecedores da LDC em linha com a Avaliação de Sustentabilidade Agrícola da Iniciativa de Agricultura Sustentável (SAI/FSA)[2].

“Estamos satisfeitos por termos finalizado essa transação com a Proparco, que complementa o compromisso da LDC de adotar princípios vinculados à sustentabilidade em sua estratégia de financiamento”, disse Benoît David-Bellouard, Head Global de Tesouraria, Financiamento e Finanças Corporativas da LDC. “Vincular o financiamento sustentável às nossas operações sustenta os esforços de toda a companhia para criar valor justo e sustentável em nossas atividades e cadeias de valor”.

Os KPIs sociais definidos como parte desse financiamento estão vinculados aos esforços da LDC para ajudar os fornecedores de frutas cítricas a atingirem a verificação de Grau Prata ou Ouro da SAI/FSA, com uma meta de aumentar os volumes originados de fornecedores que aplicam práticas agrícolas sustentáveis verificadas.

“Para garantir que a nossa abordagem inclua fornecedores com diferentes escalas de produção, também estamos definindo metas para certificar uma porcentagem de caixas de frutas de pequenos, médios e grandes produtores, ajudando a promover práticas sustentáveis entre todos os perfis de fornecedores e em todo o cinturão citrícola” adicionou Monica Neves, Coordenadora de Sustentabilidade da LDC. “Apoiar os nossos fornecedores, compartilhando as melhores práticas e facilitando o acesso à certificação e verificação, é central para o nosso modelo de negócios e abordagem colaborativa para a sustentabilidade”.

“Estamos entusiasmados em apoiar o compromisso da LDC de reduzir o impacto ambiental de suas operações brasileiras de suco, desde o tratamento de água e otimização de consumo no contexto de intensificação de secas, até o uso de energia e redução de emissões”, afirmou Philippe Serres, Diretor Regional da América do Sul da Proparco.

Confira nosso último Relatório de Sustentabilidade para mais informações sobre os nossos esforços e compromissos com atividades comerciais e cadeias de fornecimento cada vez mais sustentáveis.


[1] Uma porcentagem específica de rendimentos será vinculada a projetos de mudança climática na LDC Sucos, que ocorrerão nos próximos anos

[2] A Avaliação de Sustentabilidade Agrícola da SAI é uma ferramenta para engajar, avaliar e melhorar as práticas de sustentabilidade a nível de fazenda.