A LDC e a Better Cotton Initiative se unem para impulsionar o algodão sustentável no Cazaquistã

December 10, 2019

A primeira vista, os prédios da fazenda feitos de concreto que se espalham sobre as planícies aluviais de Syr Darya, na Ásia Central, não têm conexão com as melhores marcas de moda do mundo.

No entanto, com suas extensas planícies e terrenos ondulados, o sul do Cazaquistão já fez parte da famosa Rota da Seda e, séculos depois, tornou-se a potência na produção de algodão da Ásia Central.

blog-better-cotton-pg03.jpg

Hoje, ele deve se transformar novamente. A demanda global por algodão está aumentando e os consumidores estão cada vez mais conscientes e informados sobre o meio ambiente. Eles querem comprar produtos feitos com algodão sustentável.

Seguindo essa tendência, os varejistas de moda do mundo estão intensificando seus esforços para obter algodão sustentável. Em 2017, as principais empresas de vestuário e têxtil emitiram um “Comunicado sobre Algodão Sustentável” com o qual se comprometeram com algodão 100% sustentável até 2025. E outras estão seguindo o exemplo.

A LDC possui uma parceria com a Better Cotton Initiative (BCI) desde 2012 para atingir objetivos comuns, com projetos conjuntos em vários países produtores de algodão ao longo dos anos. Em 2016, nos unimos à BCI, como parceira de implementação, para executar um projeto de três anos para ajudar os agricultores no Cazaquistão a atender aos padrões de sustentabilidade da BCI, que incluem o uso de pesticidas, gerenciamento de água, condições de trabalho, manutenção de registros, treinamento e muito mais.

blog-better-cotton-pg02.jpg

Para os agricultores cazaques, os benefícios do projeto incluem um produto mais comercializável, maior produtividade, menores custos de produção e maiores rendas, combinados com uso reduzido de pesticidas, menor emissão de gases de efeito estufa e menor esgotamento dos recursos hídricos locais.

“O potencial é grande”, diz Rayhan Kasymbaeva, que vem gerenciando o projeto desde o início. “Os agricultores aqui têm muito conhecimento e experiência agrícola, o que é um bom começo.”

blog-better-cotton-pg01.jpg

O apoio do Estado ao setor agrícola também é forte na região, que vem cultivando o “ouro branco” desde os séculos V e VI. Esta é uma vantagem para a iniciativa.

Ainda assim, os produtores locais às vezes não têm certeza sobre o algodão sustentável.

“Vemos uma forte demanda dos varejistas por algodão sustentável”, diz Rayhan. “Mas ainda temos dificuldades em passar a mensagem para os agricultores.”

A equipe da Rayhan apresenta os benefícios da produção sustentável aos agricultores em pequenas e médias fazendas por meio de treinamento, conscientizando sobre a sustentabilidade e os seus benefícios comerciais e sociais, além de ensinar aos agricultores técnicas úteis de autoavaliação. A LDC também oferece máquinas de colheita (catadoras de algodão) para os agricultores com desconto.

O projeto está alinhado com o propósito da LDC de criação de valor justo e sustentável, e apoia os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, especialmente o ODS1 sobre erradicação da pobreza, o ODS10 sobre a redução da desigualdade e o ODS17 sobre a parceria para alcançar os objetivos.

“Este é um excelente exemplo de como as práticas sustentáveis apoiam os interesses comerciais e sociais como um todo”, disse Guy Hogge, Head Global de Sustentabilidade da LDC.

Better Cotton Initiative: teoria da mudança

• Solicita transformação do setor de produção de algodão
• Trabalha para a sustentabilidade na fazenda e no mercado
• Contribui para aumentar o conhecimento e as habilidades dos agricultores, melhorar as práticas agrícolas e criar uma comunidade global que compartilhe as melhores práticas e incentive a melhoria contínua. 
• Contribui para otimizar o uso de insumos, a produtividade agrícola, a melhoria da qualidade da água, a saúde e a biodiversidade do solo, melhores condições de trabalho, a saúde e a segurança para agricultores, trabalhadores e suas famílias. 

Para mais informações, visite https://bettercotton.org
TAGS:

Contact Us

Contact us